Saltar para: Posts [1], Pesquisa [2]

The Booklovers

Escritores. Um projecto fotográfico de Fernando Dinis

The Booklovers

Escritores. Um projecto fotográfico de Fernando Dinis

Teolinda Gersão

DSC_1006.jpg

DSC_0967.jpg

DSC_1013.jpg

DSC_1032.jpg

DSC_1053.jpg

 

Teolinda Gersão estudou nas Universidades de Coimbra, Tübingen e Berlim, foi leitora de português na Universidade Técnica de Berlim e professora da Universidade Nova de Lisboa, onde leccionou Literatura Alemã e Literatura Comparada.

Viveu três anos na Alemanha, dois no Brasil, e algum tempo em Moçambique, onde decorre o romance A árvore das palavras.
Considerada uma das maiores escritoras portuguesas da actualidade, foi galardoada com os mais prestigiados prémios literários nacionais, nomeadamente o Grande Prémio de Romance e Novela da APE (A Casa da Cabeça de Cavalo), por duas vezes o prémio do PEN Clube (O Silêncio e O Cavalo de Sol), o Grande Prémio do Conto Camilo Castelo Branco (Histórias de Ver e Andar), por duas vezes o Prémio Fernando Namora (Os Teclados e Passagens), o Prémio da Fundação Inês de Castro (A Mulher Que Prendeu a Chuva) , da Fundação António Quadros (A Cidade de Ulisses),e o Prémio Vergílio Ferreira, pelo conjunto da sua obra. Foi finalista do Prémio Europeu de Romance Aristeion com A Casa da Cabeça de Cavalo.
Em 2004 foi escritora residente na Universidade de Berkeley.
Alguns dos seus livros têm sido adaptados ao cinema e ao teatro e encenados em Portugal, Alemanha e Roménia.
Está publicada em 14 países, e na sua numerosa bibliografia destacam-se traduções de obras suas (romances e contos) e estudos sobre os seus livros na Inglaterra, Estados Unidos e Brasil.

 

© Fernando Dinis - All rights reserved

Tânia Ganho

DSC_0682.jpg

DSC_0752.jpg

DSC_0688.jpg

DSC_0782.jpg

DSC_0704.jpg

DSC_0755.jpg

DSC_0725.jpg

 

Tânia Ganho nasceu em Coimbra, em 1973, onde estudou e deu aulas de tradução como assistente convidada da Universidade. Depois de ter feito legendagem de filmes durante vários anos e de ter passado pela redação da SIC como tradutora de informação, decidiu dedicar-se exclusivamente à literatura.

É tradutora de autores como Siri Hustvedt, Rebecca Solnit, John Banville, Alan Hollinghurst, Leila Slimani, David Lodge, Ali Smith, Rachel Cusk, Chimamanda Ngozi Adichie, Annie Proulx, Jeanette Winterson e Anaïs Nin, entre muitos outros.

Viveu em Londres e em Paris, e reside actualmente em Lisboa. É autora dos romances "A Vida Sem Ti" (Oficina do Livro, 2005), "A Lucidez do Amor" (Porto Editora, 2010) e "A Mulher-Casa" (Porto Editora, 2012), considerado pela crítica como um exemplo da nova escrita feminista em Portugal.

Tem contos publicados nas revistas "Egoísta" e "Portefólio".

 

© Fernando Dinis - All rights reserved